Publicado por: gfrochao | Abril 30, 2008

A Dança

 Folclórica, religiosa ou ritual, ou ainda levada ao cúmulo da estilização e transformada em Arte, a dança foi, sem dúvida, uma das primeiras formas de expressão utilizadas pelo Homem.

Celebrou-se no dia 29 de Abril o Dia Internacional da Dança, promovido pelo Conselho Internacional de Dança (CID), uma organização interna da UNESCO para todos tipos de dança. A comemoração deste dia, foi introduzida em 1982, por esta organização, com o objectivo de aumentar a atenção pela importância da dança entre o público em geral, assim como incentivar os governos de todo o mundo a fornecerem um local próprio para a dança em todos os sistemas de educação, do ensino infantil ao superior.

Mas afinal, como se pode definir a Dança?

Trata-se de uma manifestação artística que consiste numa sequência de gestos, passos e movimentos ritmados do corpo, normalmente ao som e compasso de instrumentos ou da voz. É uma expressão rítmica-gestual de sentimnetos humanos.

História da Dança

O Homem primitivo introduziu a dança nas suas práticas rituais, mágicas e religiosas e foi-se submetendo a um ritmo. Mais tarde surge a melodia, mas o que se dança é o ritmo e e não a melodia, sendo o ritmo a estrutura musical da dança. Esta é própria de todas as raças, de todas as culturas, de todas civilizações. Já nas pinturas rupestres se reproduziam cenas de dança e são inúmeros os testemunhos das danças rituais dos Egípcios, Fenícios, Assírios, Caldeus e Hebreus.

No Oriente, especialmente na Índia, a dança é considerada a primeira e a maior de todas as artes, sendo, tal como no Japão e na China, uma linguagem de atitudes. Os Gregos foram dos povos que a valorizavam: ao fazê-la sair do ritual religioso incluindo-a nos seus festivais, criaram a dança de arte, que incluíram no teatro.

Ao Folclore, interessou particularmente a Idade Média, pois tornou-se fecunda na manifestação de diferentes formas de dança, geralmente de significado popular. A partir do Renascimento a dança aristocratiza-se  e toma um enorme desenvolvimento, alinhando ao lado da poesia, da música e do canto nos serões à Italiana.

A dança clássica, ou dança académica, dança técnica como por exemplo o ballet, surge durante os séculos XVII e XVIII. A dança moderna, que se opõe à dança académica, surge já no início do século XX com a dança livre, originando posteriormente a dança expressionista da Europa Central.

Danças Folclóricas

As danças folclóricas existem em quase todos os países do mundo. Muitas delas estão ligadas a manifestações de culto, outras evocam factos épicos, acontecimentos dignos de serem periódicamente relembrados como exemplos de coesão social. Outras servem demonstram tarefas de trabalho colectivo, ensinando a alegria da cooperação. De qualquer maneira, apresentam um incomparável valor cultutal, visto que conjugam os mais diversos aspectos da vida quotidiana, associando a música ao gesto, à cor, ao ritmo, ao sentido lúdico e utilitário, à graça dos gestos e aos atributos da resistência física em manifestações de saúde, alegria e vigor.

 Fonte: Nova Enciclopédia Portuguesa

Responses

  1. Busco mais sobre pinturas de “danças” deixadas nas cavernas


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: